Imagens & Verdades


Liberdade financeira: Ausência de dívidas, ausência de transações financeiras desonestas ,ausência de preocupação por falta de dinheiro para as coisas básicas e possibilidade de dar segundo a direção de Deus.
Cuidado : cartões, crediários, empréstimos, consumismo, desordenação orçamentária etc., são armas na mão do inimigo. Ele dá as dívidas e faz você viver para pagá-las.


“Deus está edificando sua Igreja para consumação do reino universal de Jesus. Satanás está edificando o sistema mundano para seu ápice no reino do Anticristo. Quando nos deparamos com a escolha de caminhos, a questão não é: Isto é bom ou mau? É útil ou nocivo? Não; a pergunta deve ser: ‘Isto é do mundo ou de Deus?’ Uma vez que só há este conflito no universo” (Watchman Nee)


Os homens entraram numa corrida mortal pelo “ser” e “ter”. Querem chegar ao topo das conquistas a qualquer custo. Os poucos que chegam lá, descobrem apenas um deserto. A palavra de Deus diz: “Nada trouxemos para este mundo, e manifesto é que nada podemos levar dele. Tendo, porém, sustento, e com que nos cobrirmos, estejamos contentes. Mas os que querem ser ricos caem em tentação, e em laço, e em muitos desejos loucos e nocivos, que submergem os homens na perdição e ruína” (I Tim 6: 7-8).


Para atrair as multidões com as mentes sucularizadas e céticas, muitos estão oferecendo tudo, menos a cruz de Cristo. Um falso evangelho que não diz ao homem que o caminho da cruz faz oposição ao caminho do mundo e nunca se aliará a ele. A palavra de Deus diz que “A palavra da cruz é loucura para os que perecem, mas para os salvos é o poder de Deus.” (I Cor 1:18)


Estamos diante de uma tenebrosa realidade: a escassez de verdadeiros homens. O crescimento do homossexualismo foi precedido de uma desfiguração masculina. O homem moderno é marcado pela fuga de suas responsabilidades. É triste vermos a raridade de homens que se enquadram nas características que a Bíblia descreve sobre um verdadeiro homem: Irreprensível, marido de uma mulher, vigilante, sóbrio, honesto, hospitaleiro, apto para ensinar aos outros, não dado ao vinho, não espancador, não cobiçoso, moderado, não contencioso, não avarento, que governe bem a sua casa, não neófito e de boa reputação. (I Tim 3: 2-7). Que o Senhor possa iluminar os olhos dos homens que se dizem cristãos, para que eles sejam HOMENS.


Entrai pela porta estreita; porque larga é a porta, e espaçoso o caminho que conduz à perdição, e muitos são os que entram por ela; E porque estreita é a porta, e apertado o caminho que leva à vida, e poucos há que a encontrem. (Mat. 7: 13-14)
Há duas portas com destinos diferentes. O homem criou uma porta intermediária (crer sem obedecer), mas ela faz parte da porta larga, cujo destino também é o inferno.