Cristo, a essência de tudo

Imprimir
“Disse-lhes Jesus: Eu sou o caminho, a verdade e a vida”. (João 14:6)

Não importa o quanto conhecemos de doutrinas, métodos e poder, o que realmente importa é conhecer Jesus.
Se isto não for um realidade em nós, fracassaremos. Deus não nos dá nada fora de Jesus.
Todas as coisas espirituais fora de Cristo são mortas.
A motivação ao ouvirmos uma mensagem é muitas vezes incorreta. Tentamos aprender um método sem conhecer ao Senhor.
Ouvir como o Senhor tem ajudado a outros não irá nos salvar. Só acharemos salvação se conhecermos ao Senhor.

Os cristãos buscam verdades, mas a verdade é uma pessoa: Jesus.
A verdade que nos liberta é Jesus. E quantos transformam a verdade em doutrinas. Insistirão nelas, mas não conseguem ir a lugar algum.
Podemos falar sobre a doutrina de morrer em Cristo, sem alcançar o poder dessa morte.
Podemos falar sobre a vida de ressurreição sem conhecer seu poder.
Se nossas palavras resumem a mera doutrina, estamos manuseando algo morto. E só encontraremos a morte.

Tudo aquilo que não é Cristo vivendo em nós é obra morta.
Tudo aquilo que não é Cristo como nossa verdade é inútil.
Obras dependem de nossa memória para nos lembremos de praticá-las. Mas a vida age espontaneamente.
Uma palavra falada com vida não se origina da nossa memória, mas é motivada pelo poder que há dentro de nós.
O Senhor é quem nos controla e não doutrinas e ensinamentos.

A vida não resulta de esforços. A vida é Cristo vivendo em nós (Gal. 2:20).
Como as pessoas se esforçam para serem cristãs!
Como se fatigam com doutrinas que exigem de nós humildade, mansidão, perdão, paciência e fé!
Elas nos esgotam literalmente! Muitos consideram que ser um verdadeiro cristão é uma tarefa muito difícil.
Quanto mais elas tentam, mais difícil fica. E o pior: Não conseguem agir como cristãos. A vida não pode ser imitada.

Se Cristo não for a nossa vida, nós mesmos teremos que fazer as obras. Mas essas obras nunca poderão substituir a vida.
A medida que conhecemos a Cristo tocamos a vida. Conhecê-lo requer visão espiritual.
Tal visão é a vida e ela nos transforma verdadeiramente.
Possa o Senhor ter misericódia daqueles que estão cheios de justiça própria e têm alto conceitos de si mesmos.
Essas pessoas nunca conheceram a luz. Tudo que possuem é doutrina e conhecimento. Mas sem a vida.


Nota: Este texto é atribuído a Watchman Nee (1903-1972). Embora ele tenha escrito apenas um livro, há diversos livros com coletâneas de textos atribuídos a ele.  Alguns realmente duvidosos, pois também existem réplicas de textos atribuídas a outros autores. Há pontos doutrinários heréticos em alguns textos atribuídos a Watchman Nee, como, por exemplo: o Pai, o Filho e o Espírito Santo como sendo uma mesma pessoa. Porém, não sabemos se, de fato, foi ele quem defendeu tais ensinos.


Você pode gostar...

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.