Satanás e os Anjos Caídos – 2

Imprimir

Esta é uma série sobre Satanás (veja os links do sermões no final deste texto), os anjos e os demônios. John MacArthur “mergulha” nas Escrituras Sagradas e nos mostra o que Deus deixou registrado para que soubéssemos sobre este assunto. Tudo que está nas Escrituras Sagradas é importante, não temos qualquer outra fonte para buscar entender os anjos e o próprio Satanás. Infelizmente, muitos abandonaram as Escrituras Sagradas e estão correndo atrás de superstições e enganos de homens fraudulentos.


Em nosso último estudo, estabelecemos o fato de que o Diabo existe, de modo pessoal e real, e então, descrevemos quem ele é. Dissemos que a razão, a revelação e a experiência corroboram para fundamentar a existência desse ser. E a Bíblia nos diz muito claramente que ele é um anjo caído. Não apenas um anjo caído, mas talvez o anjo supremo na criação de Deus, um querubim, o mais elevado dos querubins, que talvez fosse o mais elevado anjo dos exércitos angélicos.

Ele é um ser espiritual. Embora seja espírito, ele não é onipresente, mas se move rapidamente, e sua obra é conduzida, não só por si mesmo, mas pelo exército de anjos que caiu com ele em sua rebelião. Então, nós respondemos à primeira questão: ‘ele existe?’. Dissemos que sim, existe. E respondemos à segunda: ‘quem é ele?’, dizendo que ele é um ser espiritual, um anjo caído que é intensamente poderoso e que governa uma multidão de demônios que, como ele, são anjos caídos que estão contra os propósitos de Deus.

E dissemos que o campo onde é travada esta batalha é no próprio trono de Deus, como ilustrado no livro de Jó; nos céus, como ilustrado no livro de Daniel; e na terra, como ilustrado por vezes em toda a Bíblia. Percebemos que o conflito ocorre. Agora, esta noite queremos olhar para a terceira das nossas perguntas: ‘como ele é?’ e queremos definir um pouco mais cuidadosamente e claramente o caráter de Satanás.

A razão pela qual queremos fazer isso é porque nossa clara compreensão do que está acontecendo no mundo depende, em algum sentido, de saber o que o adversário está fazendo. E, quando Paulo escreveu aos Coríntios, ele disse: “Não quero que vocês ignorem seus ardis.Quanto melhor preparados estivermos para antecipar sua atividade, melhor poderemos estabelecer uma defesa contra ela. E por isso é importante saber como ele é.

Agora, em primeiro lugar, tenha a sua Bíblia à mão, pois vamos estar olhando para várias passagens das Escrituras esta noite. Inicialmente,  há algumas observações que devemos dizer sobre o que ele não é. E, observe, Satanás não é como Deus. E com isso quero dizer várias coisas, e você vai entendê-las em referência ao que dissemos sobre Deus pela manhã.

Número um: Satanás não é auto-existente. Ele foi criado. Ele é uma criatura. E isso o coloca supremamente em posição inferior a Deus. Em segundo lugar: ele não é soberano. Satanás governa um domínio de demônios, mas ele não governa além dos limites do confinamento do governo que Deus lhe deu. Na verdade, Satanás nunca saiu debaixo do governo de Deus. A sua rebelião contra Deus falhou totalmente. E se você quiser olhar para Satanás adequadamente, você deve olhar para ele no exílio. Ele foi exilado para a terra e o domínio em torno dela. Ele nunca saiu debaixo do governo de Deus. Ele está apenas em rebelião contra este governo.

Ele está em cadeias, argumentando contra as correntes. Suas correntes se estendem até agora,  mas ele só pode agir dentro dos limites estabelecidos por Deus. Nunca além deles. Ele opera completamente dentro da esfera da permissão de Deus. O apóstolo Paulo nos dá uma indicação de que Deus até usa Satanás para Seus próprios fins. Em 2 Coríntios, capítulo 12, versículo 7, Paulo diz que foi dado a ele – a fim de esbofeteá-lo, de torná-lo consciente de sua própria fraqueza – um espinho na carne.

Esse espinho era “um mensageiro de Satanás” para esbofeteá-lo. Ele orou a Deus para que Deus o removesse. Mas, Deus preferiu não atendê-lo. Deus estava realmente permitindo que Satanás fizesse algo que redundaria em honra para o próprio Deus. Satanás opera em rebelião, mas mesmo sua rebelião é falha, pois Deus pode usá-lo para Seus próprios fins, a hora que quiser. Satanás, então, não é como Deus. Ele não é auto-existente e não é soberano.

Em terceiro lugar: ele não é onipotente. Ele definitivamente não é onipotente. Ele não é todo-poderoso. Poderoso, sim. Não todo-poderoso. Primeira epístola de João 4:4 diz: “Maior é Aquele que está em vós do que aquele que está no mundo“. E quem é que está em vocês? É Deus, na forma de Seu Espírito. Satanás é infinitamente menos poderoso do que Deus.

Em seguida: Satanás não é onisciente. Ele não sabe tudo. Houve cristãos, há anos, que discutiram a ideia de saber se Satanás poderia ler seus pensamentos. Tanto quanto eu posso entender na Bíblia, não há nenhuma declaração na Palavra que concorde que ele possa. E a razão pela qual eu acredito que Satanás não sabe tudo é porque Satanás é um anjo, e os anjos não sabem tudo.

Isso é ilustrado em 1 Pedro 1:11 e 12, que vimos nesta manhã, que afirma que quanto ao assunto da salvação há questões que os anjos desejam entender [NTLH]. Há algumas coisas que os anjos não entendem. Nós conversamos esta manhã um pouco sobre assuntos como misericórdia, graça, perdão, que são incompreensíveis experiencialmente para um anjo. Há algumas coisas que eles não entendem, e se os anjos santos não entendem tudo, não há razão para acreditar que um corrompido poderia fazê-lo.

Não há nenhuma indicação nas Escrituras de que Satanás possa ler nossos pensamentos. Agora, ele é muito bom em prever o nosso comportamento, porque ele teve muito tempo para estudar a natureza humana, de modo que ele pode deduzir, através de nossas atitudes e ações, muito bem o que está acontecendo no nosso interior. Mas, ele não é onisciente.

Uma boa ilustração do fato de que Satanás não sabe tudo é a confusão em seu próprio reino. Você já notou como Satanás continua prejudicando a si mesmo? Ele faz coisas realmente estúpidas. Por exemplo, se Satanás soubesse tudo, nunca teria tramado para Cristo chegar à cruz. No início do ministério de Cristo, parece que ele tentou impedi-Lo de chegar à cruz. Queria dar-Lhe tudo. Lembra-se da Sua tentação? Mais tarde, através do incidente com Pedro, ele tentou dizer: “Jesus, não faça isso dessa maneira!”.

Porém, ao perceber  que não poderia impedir Cristo, ele forçou a questão. Bem, se ele soubesse tudo, ele saberia que era o golpe mortal contra a sua própria cabeça. Ele não é onisciente. Você leu Atos capítulo 19 e viu a terrível confusão que se passava lá: a confusão entre as pessoas endemoninhadas que estavam profetizando e predizendo,  tentando expulsar os demônios, sendo  elas mesmas endemoniadas… Satanás é muito confuso.

Se você já estudou a Bíblia com muito cuidado e estudou o caráter de Satanás, você sabe que ele é terrivelmente inconsistente. E isso é porque existe uma característica presente na corrupção: ela também afeta o intelecto. E os anjos têm intelecto, mas os caídos têm um intelecto corrompido. Eles não funcionam muito bem.

Outra questão: Satanás também não é onipresente. Como eu lhe disse na semana passada, ele é rápido, mas não é onipresente. Nenhum anjo é. Daniel 9 e10 claramente indica isso. Assim, os anjos têm limitações, e particularmente os corruptos. Satanás é uma criatura muito limitada.

Falamos até aqui sobre o que Satanás não é. Mas, como ele é?

A melhor maneira de entendermos essa criatura é o analisando a partir dos nomes, títulos e termos que são usados ​​para descrevê-lo na Bíblia, porque essas descrições nos dão informações sobre como ele é. Primeiro, vamos ver seus nomes e títulos. Os nomes e títulos que nos descrevem o caráter de Satanás.

Número um: ele é chamado Satanás. É um bom ponto de partida. Agora, eu não quero levá-lo a todas as passagens das Escrituras onde ele é chamado de Satanás, porque ele é chamado assim cinquenta e duas vezes. Apenas como exemplo, podemos citar Zacarias 3: 1, Apocalipse 12: 9 e outras. A palavra ‘satanás’ vem de uma palavra hebraica que significa adversário ou oponente. Aprendemos, então, a partir do nome de Satanás, que ele é um adversário. E de quem ele é adversário? De Deus.

Secundariamente, ele é o adversário dos santos anjos de Deus, como evidenciado em Apocalipse 12, onde ele luta contra Miguel e os anjos celestiais, os santos anjos. Ele também é o adversário do povo de Deus, dos seres humanos que se identificaram com o Senhor Jesus Cristo. Satanás é um adversário. Esse nome define seu caráter.

Em segundo lugar, ele não é apenas chamado ‘Satanás’ na Bíblia, mas ele é chamado também de ‘Diabo’. Este termo é usado cerca de 35 vezes: diabolos. Significa um caluniador, ou alguém que faz tropeçar, e se nós combinássemos os dois sentidos, teríamos que ele quer ferir as pessoas através de calúnia maliciosa. Ele calunia Deus, Cristo, o Espírito Santo, a igreja. Ele calunia a Bíblia, a verdadeira doutrina. Ele calunia o caráter dos cristãos.

Ele calunia continuamente. Ele difama tudo o que se relaciona com Deus. Esse é o seu caráter. Ele não é apenas um opositor, mas é um caluniador. E é por isso que às vezes é muito difícil um cristão se manter com uma boa reputação no mundo, porque o mundo jaz no maligno, 1 João 5:19 diz, e o maligno está ocupado difamando tudo o que se relaciona a Cristo.

Em terceiro lugar, ele é chamado, em Apocalipse 12:9, de a ‘antiga serpente’. Em Gênesis, capítulo 3, nós o vemos como uma serpente. Em 2 Coríntios, um comentário interessante é feito no capítulo 11. Paulo diz no versículo 3: “Mas temo que, assim como a serpente enganou Eva com a sua astúcia, assim também sejam de alguma sorte corrompidos os vossos sentidos, e se apartem da simplicidade que há em Cristo.

A característica, aparentemente conectada à idéia da serpente, é a astúcia, a sutileza disfarçada, astuta, enganadora. Esse é o caráter de Satanás. Na verdade, escrevendo aos Efésios, o apóstolo Paulo disse que os meninos eram “jogados de um lado para outro por cada vento de doutrina“, e ele usa o termo que significa ‘truque com as mãos’, ou seja, a astúcia daqueles que esperam para nos enganar. Satanás é visto como um enganador astuto e sutil.

Em quarto lugar – e este é um conceito diferente – ele é chamado em Apocalipse 12, versículos 3, 7 e 9, e por toda essa passagem é dado muitos de seus nomes, mas ele é chamado naquela passagem particular de ‘grande dragão’. O versículo 3, diz: “Havia um grande dragão vermelho“; Apocalipse 12, “com sete cabeças e dez chifres e sete coroas em sua cabeça…“; e novamente no verso 7, Ele é chamado de dragão; no verso 9, o grande dragão  vermelho.

Agora, o que é isso quer indicar? Bem, isto serve para indicar o poder e a destrutividade desta besta. Ele é uma fera aterrorizante e destrutiva, que está para destruir. Ele é retratado desse modo em Apocalipse 12, porque ele é visto lá como o general das hostes do inferno. Ele é visto lá como marechal do exército de demônios, e assim, ele é visto em seu grande caráter temível, o grande dragão.

Também é chamado por outro nome de animal. Em 1 Pedro, capítulo 5, verso 8, ele é chamado ‘um leão rugindo’. Agora, eu não sei muito sobre leões, mas eu fiz uma pequena leitura apenas para descobrir sobre eles, porque eu quero saber como Satanás age. Você sabe quando os leões rugem? Os Leões rugem quando têm suas presas. Não é interessante? Os leões não rugem quando perseguem suas presas, ou suas presas saberiam que estão chegando.

Os leões são furtivos. E quando um leão alcança sua presa e está assegurado da vitória, é então nesse momento que ele ruge, antes de a devorar. No momento em que você o estiver ouvindo rugir, você está com um sério problema. A ideia de um leão rugindo, procurando a quem ele possa devorar representa o desejo de Satanás de capturar os homens e engoli-los em seu pecado, em seu mal.

Saindo desses nomes que estão relacionados ao mundo animal, vamos aos que são um pouco mais abstratos. Ele é chamado, em João 17:15, “ho poneros, no grego, que significa “o mal“,  “maligno” e isso é algo que é característico de Satanás. I João 5:18, diz: “Sabemos que todo aquele que é nascido de Deus não peca; mas o que de Deus é gerado conserva-se a si mesmo, e o maligno (poneros) não lhe toca.” Tocar aí significa que não pode segurar. Quando Deus tem uma vida em Suas mãos, Satanás não pode segurar essa vida.

Agora, o que esta palavra poneros significa, creio, em seu melhor sentido, é o que se refere a um mal interno, intrínseco. Satanás é o mal personificado. Ele é o mal em seu ponto mais profundo possível. E como todas as pessoas más, e todos os demônios do mal, eles nunca estão satisfeitos com o seu próprio mal, mas desejosos de corromper todos os demais. É como dito em Romanos 1, onde as pessoas se deliciam com o mal, não só o seu próprio, mas o dos outros.

Em seguida, ele também é chamado de ‘tentador’. E em Mateus capítulo 4, quando diz que o Espírito Santo levou Jesus ao deserto, você se lembra, depois de ter jejuado por 40 dias, Ele estava com fome, e Satanás veio a Ele. O texto se refere a Satanás como “o tentador“. E o que isso significa é que ele atrai os homens para o mal. Veremos mais sobre isso à medida que avançarmos em nossa discussão.

Outro nome pelo qual ele é chamado, um nome ou um título, é registrado em Apocalipse 12:10, onde ele é chamado de ‘acusador’. Algo que Satanás ama fazer é acusar os crentes. Ele está ocupado com isso. E nosso Senhor é nosso advogado. Satanás pode acusar, nosso Senhor defenderá. Satanás pode dizer, como fez no caso de Jó: ‘Jó não é bom, faça isto e isto e ele sucumbirá e amaldiçoará a Ti.  Isso é típico da natureza humana! Todos eles vão Te amaldiçoar se Tu realmente os tratar mal, Deus!’

Satanás é o acusador. E tenho certeza que Satanás está ocupado tentando nos acusar diante de Deus, intentando que Deus abra mão de nós. Satanás diria a Deus: ‘Bem, ele não é digno, ele não tem cumprido o que Você exige, ele não é merecedor de Tua graça, de Teu amor e de Tua salvação.’ Então, lemos Romanos 8, onde nos é dito que ninguém pode acusar os Eleitos de Deus! Jesus Cristo já nos fez justos, é Deus quem já declarou que somos justificados. Não temos nada a temer.

Em Efésios 2: 2, Satanás é chamado de “o espírito que opera nos filhos da desobediência”. O que isso significa é que ele é o espírito que trabalha nos incrédulos. Ele governa os corações dos que não são salvos.

Então, até agora vimos algo do caráter de Satanás. Ele é Satanás, adversário. Ele é o diabo, caluniador. Ele é a antiga serpente, sutil, astuto, enganador . É o grande dragão, uma poderosa e assustadora fera destrutiva. Ele é um leão rugindo, pronto para devorar e engolir qualquer um que puder, em seu sistema maligno. Ele é chamado de maligno, intrinsecamente maligno, nem mesmo contente com seu próprio mal, mas querendo corromper todos os outros.

Ele é tentador, seduzindo os homens ao mal. Ele é acusador, tentando trazer sobre os homens o juízo de Deus, dizendo que somos indignos de Sua graça e salvação. Ele é chamado o espírito que opera nos filhos da desobediência, em Efésios, capítulo 2 e versículo 2. Todo homem que vive no mundo à parte de Deus é dominado por este ser.

Agora, esses são títulos e nomes. Deixe-me levá-lo a um segundo conceito. Outra maneira que podemos entender Satanás é analisando os termos que são usados ​​para descrevê-lo.

Eles não são muito diferentes de seus nomes e títulos, mas eles são adjetivos mais descritivos ou substantivos que o definem para nós. E eu vou lhes dar pelo menos três para começar, e veremos até onde chegamos.

Número um: Satanás é chamado de assassino, João 8:44. Nosso Senhor, ao dialogar com os fariseus que diziam ser filhos de Deus, disse-lhes que eles eram tudo, menos filhos de Deus. No versículo 44, de João 8, Ele diz: “Vós tendes por pai ao diabo, e quereis satisfazer os desejos de vosso pai. Ele foi homicida desde o princípio, e não se firmou na verdade, porque não há verdade nele. Quando ele profere mentira, fala do que lhe é próprio, porque é mentiroso, e pai da mentira.

Ele não é apenas um mentiroso, mas é um assassino. O crime cometido, que se destaca em nossas mentes depois da queda, foi o crime do assassinato de Abel por Caim. Ali Satanás começou sua carreira como um assassino. 1 João 3:12 diz: “Não como Caim, que era do maligno, e matou a seu irmão. E por que causa o matou? Porque as suas obras eram más e as de seu irmão justas.” Por que ele assassinou? Porque ele era de Satanás e Satanás é um assassino.

O assassinato é satânico. Satanás tenta assassinar. Ele tem estado ocupado fazendo isso. Na verdade, ele tentou exterminar Israel algumas vezes. Encontramos em Apocalipse, capítulo 12, que uma das coisas que Satanás tentou fazer não foi apenas destruir a nação de Israel, mas também destruir a criança que viria de Israel, o Messias.

Agora, pense e você se lembrará que muitas vezes Satanás tentou destruir o Messias. Deixe-me levá-lo de volta para o Velho Testamento e dar-lhe uma ilustração. II Reis, capítulo 11. Havia uma mulher muito má aqui chamada Atalia. Acazias tinha morrido, e sua mãe, aquela Atalia maligna, assumiu o trono. “E quando Atalia, mãe de Acazias, viu que seu filho estava morto, levantou-se e destruiu toda a semente real.”

Ora, ali estava o emissário de Satanás querendo destruir a linhagem messiânica, para destruir a semente daqueles que teriam direito de reinar, e assim, a semente na vinda do Messias. Mas, amigos, quero que saibam que isso é um importante fato. Neste ponto da história, a linha real de Davi chegou a uma pessoa. Se algo acontecesse com aquela pessoa, toda a esperança messiânica teria desaparecido.

Mas Jeoseba, filha do rei Jorão, irmã de Acazias, tomou a Joás, filho de Acazias, furtando-o dentre os filhos do rei, aos quais matavam, e o pôs, a ele e à sua ama na recâmara, e o escondeu de Atalia, e assim não o mataram.” (II Reis 11:2). Agora, eu não sei como ela fez isso, mas isso deve ter sido um feito interessante. Verso 3: “E esteve com ela escondido na casa do Senhor seis anos; e Atalia reinava sobre o país.” Deus protegeu um pequeno bebê que era o fio da esperança messiânica.

Finalmente, o Messias veio, e você chega a Mateus, capítulo 2, onde Satanás percebeu que aquela criança nasceu, e ele começou a tentar assassiná-Lo novamente. “ E, tendo eles se retirado, eis que o anjo do Senhor apareceu a José num sonho, dizendo: Levanta-te, e toma o menino e sua mãe, e foge para o Egito, e demora-te lá até que eu te diga; porque Herodes há de procurar o menino para o matar.” (Mateus 2:13). Versos seguintes (14 a 18):

E, levantando-se ele, tomou o menino e sua mãe, de noite, e foi para o Egito. E esteve lá, até à morte de Herodes, para que se cumprisse o que foi dito da parte do Senhor pelo profeta, que diz: Do Egito chamei o meu Filho. Então Herodes, vendo que tinha sido iludido pelos magos, irritou-se muito, e mandou matar todos os meninos que havia em Belém, e em todos os seus contornos, de dois anos para baixo, segundo o tempo que diligentemente inquirira dos magos. Então se cumpriu o que foi dito pelo profeta Jeremias, que diz: Em Ramá se ouviu uma voz, Lamentação, choro e grande pranto: Raquel chorando os seus filhos, E não quer ser consolada, porque já não existem.

De novo, Satanás, por meio de Herodes, tentou destruir o Messias. Deus protegeu o Messias. Satanás é um assassino. Ele sempre foi um assassino, ele sempre será um assassino.

Em segundo lugar, na definição de seu caráter, Satanás é um mentiroso. Acabei de ler-lhe João 8:44, que diz: “Ele foi homicida desde o princípio, e não se firmou na verdade, porque não há verdade nele. Quando ele profere mentira, fala do que lhe é próprio, porque é mentiroso, e pai da mentira.” Ouça, você nunca pode acreditar em Satanás. Ele mente o tempo todo.

Você sabe, há pessoas que dizem: ‘bem, você sabe, eu tive uma experiência maravilhosa, tinha problemas em minha vida e fui a determinadas pessoas que disseram que havia vários demônios em minha vida e eles os expulsaram… e um demônio disse isso… e tal demônio disse aquilo…’. E, você sabe, invariavelmente eu vou dizer a alguém assim: ‘você sabe de uma coisa? Apenas um pensamento básico: você não pode acreditar em uma só palavra do que eles disseram!’

Um homem uma vez me disse: “bem, eu pensei que meu problema era tal, mas eu fui a uma reunião e alguém expulsou um demônio e você sabe o que aconteceu? Descobriu-se que não se tratava do demônio ‘X’, mas era um demônio totalmente diferente.” Bem, você não acha que um demônio vai lhe dizer uma mentira se isso for fazer você pensar que você não tem um problema? É como o homem que disse que foi libertado do demônio do gotejamento pós-nasal… Eles dirão qualquer coisa, se você acreditar. Qualquer coisa. Você não pode acreditar neles.

Você não pode acreditar em nada do que ouve. Satanás é um mentiroso! Não há verdade nele! Ele não fala senão mentiras. É por isso que eu realmente tenho questionamentos sobre esses ‘ministérios de libertação’. Esses ‘ministros’ não estão aptos para lidar com demônios e Satanás, porque seus ministérios não lidam com a verdade. Satanás é um mentiroso, e ele é realmente bom nisso.

Ouça-me, Apocalipse 12:9 diz: “Ele engana o mundo inteiro.” Ele é bom nisso. Ele engana o mundo inteiro. Satanás é um mentiroso. Não pense que você vai estar com Satanás e ter uma conversa que vai revelar a verdade. Ele é um mentiroso. O apóstolo Paulo disse em 2 Coríntios, capítulo 4, versículos 1 e 2:

Pelo que, tendo este ministério, segundo a misericórdia que nos foi feita, não desfalecemos; pelo contrário, rejeitamos as coisas que, por vergonhosas, se ocultam, não andando com astúcia, nem adulterando a palavra de Deus; antes, nos recomendamos à consciência de todo homem, na presença de Deus, pela manifestação da verdade.

Em outras palavras, Paulo está dizendo:

Uma coisa que me aconteceu imediatamente quando saí do farisaísmo e me tornei um cristão foi que deixei de mentir e comecei a dizer a verdade. Parei com as coisas ocultas da desonestidade, deixei de andar em astúcia, de manipular a Palavra de Deus de modo enganoso, e comecei a manifestar a verdade.

O cristianismo é a verdade, todo o resto é uma mentira.

Em I João 2:21: “Não vos escrevi porque não saibais a verdade; antes, porque a sabeis, e porque mentira alguma jamais procede da verdade.” Agora, para o capítulo 4, versículo 1, isso é característico de Satanás.: “Amados, não deis crédito a qualquer espírito; antes, provai os espíritos se procedem de Deus, porque muitos falsos profetas têm saído pelo mundo fora.” Satanás é um mentiroso.

Agora, deixe-me adicionar algo aqui: Satanás tem algumas mentiras muito eficazes. Vejo hoje que Satanás tem usado um método bastante eficaz. Todo ser humano é, de alguma forma, atraído pelo ocultismo, pelo sobrenatural. E há muitas formas conhecidas de ocultismo e que despertam a curiosidade, como reuniões de mesas brancas, etc. Esse tipo de ocultismo deflagra abertamente a ação de Satanás e nós, como cristãos, não temos dificuldade de entender isso e rejeitar essas práticas.

Mas, Satanás tem investido em trabalhar encobertamente. E ele trabalha duro nisso, é especialista em mentir e camuflar. Li uma declaração interessante recentemente feita por Dave Breese, que é a seguinte:

A feitiçaria é certamente perigosa, mas engana apenas os de mente simples. Brincar com tábuas Ouija ou obter uma receita para realizar feitiços pode produzir uma terrível infecção espiritual. Seu apelo principal, entretanto, será para aqueles intelectos limitados que sentem mais do que pensam. Fenômenos externos podem ser interessantes, até espetaculares, mas são limitados em seu apelo para pessoas mais racionais. Com feitiçaria, orgias, sessões e possessão demoníaca, ele [Satanás] capturou milhares. Com a falsa doutrina, milhões.

Ele tem razão. A verdadeira obra de Satanás está na falsa doutrina. Se você quer saber no que eu acredito, penso que seja muito mais satânico, em termos de sua influência, ter alguém de pé em um púlpito que nega a Palavra de Deus do que ter uma sessão espírita em curso. Isso é óbvio. Isso é sutil. A atividade mais mortal de Satanás, amados, está na área de perverter a verdade. É aí que ele gasta seu tempo. E tenho certeza que ele gosta de fazer com que muitos cristãos se distraiam, pensando que tudo o que ele está fazendo é correr por aí com seus demônios e aplicar pequenos truques nas pessoas.

Em 1 Timóteo 4: 1, o Espírito Fala expressamente – agora observe isto – “Ora, o Espírito afirma expressamente que, nos últimos tempos, alguns apostatarão da fé, por obedecerem a espíritos enganadores e a ensinos de demônios“. Aqui você tem as duas obras de Satanás. Observe-as: seu trabalho aberto, sem disfarces: espíritos sedutores. E seu trabalho secreto: doutrinas de demônios. Ele trabalha dessas duas maneiras.

Há os espíritos sedutores, o mundo espiritual, o espiritismo, mas a estratégia mais significativa de Satanás se dá através das doutrinas dos demônios. Na sequência, o próprio texto define a estratégia de Satanás ao se utilizar das falsas doutrinas, verso 2: “pela hipocrisia dos que falam mentiras“. Agora, é por isso que somos ordenados a estudar a Palavra de Deus, para que possamos neutralizar as mentiras de Satanás.

Paulo disse a Tito: “apegado à palavra fiel, que é segundo a doutrina, de modo que tenha poder tanto para exortar pelo reto ensino como para convencer os que o contradizem.” (Tt 1:9). É claro que isso se refere a um presbítero, mas certamente é verdadeiro para todos nós. E eu penso, também, que sempre que as pessoas passam a buscar experiências e sensações, elas passam a fazer o jogo de Satanás.

A maioria dos sistemas orientados para a experiência, a sensação, são carregados de falsa doutrina. Eu vejo isso muito hoje no que é chamado de movimento carismático. Onde quer que você tenha uma preocupação com a experiência, você invariavelmente tem um monte de falsa doutrina, equívocos acerca de Deus, interpretações erradas da Escritura, falsas representações de como o Espírito Santo opera. Quando você aceita a ideia de que a verdade está onde as experiências estão acontecendo, você caiu nas garras do diabo.

Satanás opera com a falsa doutrina. Ele tem enlameado o mundo com falsa doutrina. E você sabe, inevitavelmente, essas doutrinas são ensinadas por pessoas de aparente racionalidade, educadas, inteligentes. Eu liguei minha televisão hoje para assistir Religião Hoje. Lá estavam um padre, um rabino judaico e um pastor debatendo sobre Deus gostar de rock e falando outros assuntos. Vocês sabem, eles eram três homens inteligentes, muito conservadores, muito simpáticos. Típicos do engano de Satanás.

Sabe, deixe-me dar-lhe uma ilustração. Quando eu era criança, achava que o maior enganador que Satanás tinha no mundo inteiro era um homem chamado Mahatma Gandhi. Você sabe por quê? Porque ele era um sujeito legal. Todo mundo gostava de Gandhi. Ele apenas ficava sentado. Ele era o maravilhoso pacificador de todos os tempos. A tragédia de todas as tragédias era que ele era o homem de Satanás para dilacerar uma civilização inteira com mentiras.

Você sabe, se você acha que o homem usado por Satanás é um vagabundo bêbado, você entendeu errado. O homem de Satanás é um homem razoável, lógico e religioso. Esse é o homem de Satanás. Se você acha que o homem de Satanás é um bruxo, isso é errado. Há alguns desses em suas fileiras sim. Mas o mais danoso homem de Satanás é o que se parece com qualquer outro cristão, que usa termos cristãos, mas fala a mensagem do diabo. Satanás é bom em mentir. Quero que saiba disso.

Eu vou lhes contar sobre algumas das melhores mentiras que ele tem dito, assim quando você as ouvir, pode derrubá-las. Número um: a primeira mentira que tenho aqui é que Deus é o assassino cósmico da alegria. Essa é a sua primeira mentira. Veja Gênesis 3:1: “Mas a serpente, mais sagaz que todos os animais selváticos que o SENHOR Deus tinha feito, disse à mulher: É assim que Deus disse: Não comereis de toda árvore do jardim?” Em outras palavras, Satanás estava dizendo:

Eva, você quer dizer que Deus te colocou aqui e, então, disse que não poderia comer de tudo isso? Que tipo de Deus é Ele? Por que Ele faria isso? Você sabe o que Deus é? Ele é um tirano, que apenas se deleita em colocar as pessoas em situações frustrantes. Ele adora ficar lá e dizer: agora, não toque nisso. Ele adora trazer frustração. Deus simplesmente ama estabelecer uma lei que ninguém pode cumprir e, em seguida, deixar todos frustrados… Ele é um tipo de desmancha prazeres. Você não pode viver de acordo com isso, Eva. Rejeite isso e faça o que quiser!’

Você já ouviu isso? Talvez isso soe de seu computador, em alguma vez quando o estava usando…

Deixe-me mostrar-lhe outra mentira bem típica de Satanás. Aqui está outra mentira que ele conta: Deus é um mentiroso. Veja o que Eva respondeu à serpente, versos 2 e 3: “Do fruto das árvores do jardim podemos comer,
mas do fruto da árvore que está no meio do jardim, disse Deus: Dele não comereis, nem tocareis nele, para que não morrais.
” Deus disse isso? Não. Deus não disse isso. Eva estava apenas deixando a ordem que Deus lhes havia dado com um aspecto pior.

Eva pensou: ‘Bem, Deus provavelmente é um assassino da alegria… e assim, Ele não vai nem nos deixar tocar no fruto…’. Porém, Deus não disse isso. E a serpente disse à mulher: “Você certamente não morrerá.” Em outras palavras, ‘Deus é um mentiroso!’ A Bíblia diz: “sabei que o vosso pecado vos achará.” (Núm. 32:23). Mas, Satanás diz: “Não, não vai, vá em frente e faça-o. Quem é que vai saber o que você fez?” A Bíblia diz: “o Senhor disciplina seus filhos.” (Hebreus 12:4-11). Satanás diz: ‘viva sua vida, você está debaixo da graça!’

Satanás sempre chama Deus de mentiroso. É por isso que a única proteção que você tem contra as ciladas do diabo é o escudo da fé. Você acredita em Deus ou você acredita em Satanás. Assim que você acreditar em Satanás, o escudo da fé cai e você foi vencido. Enquanto você acreditar em Deus e crer que Ele diz a verdade, você saberá fazer o certo. Satanás diz que Deus é um mentiroso.

Agora vá para Jó, capítulo 1, vou lhe mostrar mais algumas de suas mentiras, apenas para que saibamos o que esperar dele, que é um ser corrupto. Jó 1, verso 6: “Ora, houve um dia em que os filhos de Deus vieram apresentar-se perante o Senhor e Satanás veio também com eles.” ‘Filhos de Deus’ aí faz referência aos anjos. “Satanás” – o adversário – “veio entre eles”. Verso seguinte: “Então, perguntou o SENHOR a Satanás: Donde vens? Satanás respondeu ao SENHOR e disse: De rodear a terra e passear por ela.

Em outras palavras, o que Satanás disse foi: ‘Eu tenho verificado todos’. Os verbos “rodear e passear” no texto carregam a ideia de correr com pressa. Verso 8: “Perguntou ainda o SENHOR a Satanás: Observaste o meu servo Jó? Porque ninguém há na terra semelhante a ele, homem íntegro e reto, temente a Deus e que se desvia do mal.” Ou seja: ‘Você o examinou enquanto estava correndo pela terra? Ele é especial, não é?’

Então, Satanás respondeu ao Senhor (v.9) e disse: “Porventura, Jó teme a Deus em troca de nada?” Você sabe o que ele quis dizer com isso? Os crentes são materialistas! Essa é outra mentira de Satanás. ‘A única razão pela qual Jó Te serve é porque Tu lhe dás presentes. Ele é como os cães de Pavlov**, ele sabe que Tu estarás lá e sabe que vais lhe dar um pequeno mimo ou recompensa, então, ele faz o que ele tem que fazer para obtê-lo. Os crentes são materialistas. Você acha que ele Te serve por amor? Ha! Ele Te serve por nada? Ele Te serve por alguma coisa. Ele consegue o que ele pode obter de Ti!’

**Pavlov foi um fisiologista russo, ganhador de um Prêmio Nobel, que desenvolveu o conceito de condicionamento clássico, observando o comportamento de cães diante de estímulos, principalmente de recompensas positivas.

Você sabe, isso é uma mentira sobre nós que eu tenho certeza que a maioria das pessoas no mundo que não conhecem Cristo acreditam. Ou seja, as pessoas creem que servimos ao Senhor porque recebemos algum tipo de satisfação, ou preenchimento de alguma necessidade psicológica, ou estamos devotados a Deus porque Ele faz certas coisas por nós, e nós somos materialistas. Essa é mais uma das mentiras de Satanás. E é muito popular.

Ele segue com outra de suas mentiras no versículo 10: “Acaso, não o cercaste com sebe, a ele, a sua casa e a tudo quanto tem? A obra de suas mãos abençoaste, e os seus bens se multiplicaram na terra.” Satanás está dizendo: ‘Olha, Deus, Você diz que ele é um homem bom? Bem, eu acho … olhe para ele! Ele é tão rico que chega a ser ridículo! Você coloca paredes ao redor dele, nada pode tocá-lo. Quem não seria um homem temente, com tudo o que ele tem? Veja o que Você fez com ele?!’.

Mas, versículo 11, “Estende, porém, a mão, e toca-lhe em tudo quanto tem, e verás se não blasfema contra ti na tua face.” Qual é a mentira aí? Esta: problemas na vida de um crente trará deserção. Satanás estava dizendo acerca de Jó: ‘Ah, certamente ele está se dando bem. Olhe para todos os bens que ele tem! Se ele estivesse no meu lugar, ele não estaria tão animado com Deus.’ O que ele está dizendo é que Deus é um patrocinador, que Deus mantém seus seguidores em troca de um saco de guloseimas. Mas que eles realmente não amam a Deus.

Outra mentira de Satanás está no versículo 1, do capítulo 2. Houve um dia em que os filhos de Deus vieram apresentar-se perante o Senhor, e Satanás veio também entre eles. E o Senhor disse a Satanás: ‘Onde você esteve?’ E Satanás respondeu ao Senhor: ‘Eu tenho andado por aí novamente.’ Então, o Senhor disse a Satanás: ‘Você considerou meu servo Jó?’. E, você sabe, isto aconteceu depois que Deus lhe tirou tudo e Jó apenas disse: ‘Tudo bem, Senhor. Eu estava nu quando nasci, se estou nu agora… não é grande mudança. O Senhor deu, o Senhor tira, bendito seja o Teu nome’.

Jó está certo. O versículo 22, do capítulo 1, diz: “Em tudo isso Jó não pecou, nem atribuiu a Deus falta alguma.” Então, Satanás pensou: ‘Eu tenho que passar por cima desse sujeito de novo…’.  Deus disse a Satanás: ‘Você considerou meu servo Jó? Não há ninguém como ele na terra, o perfeito homem reto, aquele que teme a Deus e evita o mal e ainda assim mantém firme a sua integridade’.

Satanás deve ter pensado: ‘como Jó conseguia fazer isso? Eu o ataquei, eu o destruí!!’ Satanás respondeu ao Senhor e disse, versos 4 e 5, capítulo 2: “Pele por pele! Tudo quanto o homem tem dará pela sua vida. Estende agora a mão, e toca-lhe nos ossos e na carne, e ele blasfemará de ti na tua face!” Em outras palavras: ‘Jó perdeu tudo, mas aquilo que realmente importa na vida é viver. Toque em sua vida e ele realmente entrará em pânico.’

E o Senhor disse a Satanás, verso 6: “Eis que ele está no teu poder; somente poupa-lhe a vida.” Mantenha sua vida a salvo. Satanás saiu e, de acordo com o versos 7 e 8,  “feriu Jó de úlceras malignas, desde a planta do pé até o alto da cabeça. E Jó, tomando um caco para com ele se raspar, sentou-se no meio da cinza“. Um “caco” significa simplesmente um pedaço de cerâmica quebrada que ele usava para raspar as crostas das feridas.

Então sua mulher lhe disse: Ainda reténs a tua integridade? Blasfema de Deus, e morre.” (verso 9). Ela nem sequer tinha furúnculos, as úlceras malignas… Porém Jó lhe responde, verso 10: “Como fala qualquer doida, assim falas tu; receberemos de Deus o bem, e não receberemos o mal?” O versículo termina assim:”Em tudo isso, Jó não pecou com seus lábios“.

Isso não é bonito? A mentira de Satanás é que os cristãos são materialistas, que os problemas farão eles desertarem, pois, na lógica do maligno,somente esta vida importa, que se eles forem feridos no físico, vão se afastar… Mas, como você sabe, o oposto é verdadeiro. Muitas vezes, quando um cristão entra em terrível estresse físico, é quando ele se volta para mais perto de Deus.

Satanás é um mentiroso. Vou te mostrar mais algumas de suas mentiras. Está em Mateus, capítulo 4. E,  queridos, ele tem um monte de gente acreditando nessa mentira. Eu li aquele livro ‘Como um Vento Poderoso’, de Mel Tari, sobre um suposto avivamento indonésio. E uma vez eu ouvi um testemunho do autor em que ele conta sobre certa vez quando tiveram uma reunião maravilhosa. Depois do culto eles teriam um lanche. Porém, alguém que deveria trazê-lo esqueceu e Deus criou, instantaneamente, na cozinha, pudim para todos. Isso foi o que ele disse…. Deus criou pudim instantâneo.

Eu não sei onde isso se encaixa em sua teologia, mas não se encaixa na minha. Isso é típico de uma mentalidade que diz – e esta é uma das mentiras de Satanás – que Deus faz milagres para satisfazer o físico. Ouça Mateus 4: 3, que diz: “Chegando, então, o tentador, disse-lhe: Se tu és Filho de Deus manda que estas pedras se tornem em pães.

Satanás estava induzindo: ‘Você está com fome e Você é o Filho de Deus… Ele alimentou Israel no deserto, e eles eram apenas pessoas e pecadoras. Você é o Filho de Deus, busque alguma satisfação. Faça um milagre para a sua satisfação física!!’. Mas, Jesus respondeu e disse:”Nem só de pão viverá o homem, mas de toda palavra que sai da boca de Deus.Uma das grandes mentiras de Satanás é que Deus faz milagres para satisfazer o físico. Há pessoas correndo de uma parte a outra hoje e tudo o que querem são milagres. Pensam que Deus é uma espécie de gênio cósmico, de mágico sobrenatural que faz truques.

E ainda dizem que essa é a evidência de sua grande fé, quando, na verdade, uma busca constante por milagres não é uma evidência de fé, mas antes, é uma evidência de dúvida à procura de provas. Houve um casal que eu conheci em Iowa, um casal muito doce, e eles vieram ao nosso quarto de hotel um dia, onde minha esposa e eu estávamos, bateram na porta e estavam muito angustiados e disseram: “Nós temos que falar com você, só temos que conversar com você.” E eu disse: “Bem, tudo bem, entrem.”

E nós sentamos lá e a senhora começou a contar que eram novos cristãos e tinham andado com algumas pessoas que estavam sempre à procura de milagres, milagres e milagres. E, quero abrir um parêntesis aqui: você sabe quem é, depois de Deus, o melhor operador de milagres em todo o universo? Satanás. Ele os faz todo o tempo, para a satisfação do físico. E alguns cristãos pensam que tudo o que vêem é obra de Deus…

Mas, continuando, ela se sentou e me contou sobre os milagres que acontecem em sua família. O mais maravilhoso, segundo ela, foi que sua filha, que tinha sete anos, estava recebendo revelações de Deus. Revelações maravilhosas, que vinham a ela noite após noite. E eles estavam anotando todas elas, como se fossem revelações de Deus. Toda noite, aquela menininha de sete anos ia para a cama e, no meio da noite, acordava suada, fria, via aparições estranhas no quarto e contava essas visões.

Eu suponho que eles estavam me contando tudo aquilo porque queriam que eu os ajudasse a interpretar, mas eu nunca cheguei à próxima pergunta. Eles disseram: ‘O que você acha?’ Bem, você sabe, eu me compadeci deles, porque alguém disse a eles que é assim que a vida cristã é, que você terá um milagre por dia, vai manter o médico ou o diabo longe de sua casa.

E, então, eu disse: ‘Deixem-me dizer-lhes algo no início: nem uma só dessas experiências veio de Deus.’ Eles ficaram realmente chocados, mas disseram também que algumas das ‘revelações’ que a filha recebia eram estranhas, que não pareciam vir de Deus, enquanto que outras eram bastante convincentes. Chegou ao ponto de a filha estar com medo de dormir sozinha. Eu lhes disse: ‘Nenhuma dessas ‘revelações’ são de Deus. Vocês sabem por quê? Deus já nos deu Sua revelação, e ela está aqui na Bíblia. Ouçam, se Ele tivesse algo a dizer, por que Ele diria isso a uma menina de sete anos em Iowa?’

Bem, eles tinham ido a uma reunião de estudo da Bíblia em algum lugar, com algumas pessoas que lhes disseram que deveriam esperar por todos esses milagres. Você vê, a grande mentira de Satanás é fazer as pessoas acreditarem que Deus não está perto, a menos que elas vejam milagres, milagres, milagres e milagres. E então, as pessoas começam a procurar por essas experiências, de modo que Satanás apenas se move e começa a fazer as coisas que cativam suas mentes.

Ainda há outras mentiras de Satanás. Ele é um mentiroso. Ele mente sobre um monte de coisas. Ele diz que você pode realmente abusar de Deus, explorar as promessas de Deus. Veja Mateus 4:6. É interessante, o diabo  leva o Senhor para a cidade santa, coloca-o em um pináculo e diz: “Se és Filho de Deus, atira-te abaixo…“. ‘Vá em frente, apenas mergulhe!!’

Bem, por que Satanás achava que Jesus deveria fazer aquilo? A sequência do texto responde: “Aos seus anjos ordenará a teu respeito que te guardem; e: Eles te susterão nas suas mãos, para não tropeçares nalguma pedra.“. Satanás estava insinuando: ‘a Palavra diz que Deus prometeu cuidar de Ti. Então, tire vantagem de Sua promessa, explore as promessas de Deus! Deus disse que Ele faria isso, então, encoste-O contra a parede e faça com que Ele cumpra o que prometeu!’ Essa é outra das mentiras de Satanás: faça o espetacular e Deus assumirá o controle. Desvirtuando o que Deus quis dizer.

E, então, outra de suas mentiras é atalhar Deus, ou seja, você pode obter o que você quer do seu jeito e não tem que seguir o plano de Deus. Versos 8-9: “Levou-o ainda o diabo a um monte muito alto, mostrou-lhe todos os reinos do mundo e a glória deles e lhe disse: Tudo isto te darei se, prostrado, me adorares.

Satanás estava dizendo: ‘olha, Deus vai dar ao Messias os reinos do mundo, mas vamos fazer isso do meu jeito. Incline-se diante de mim, diz ele nos versos 8, 9 e 10, eu lhe darei tudo, você não precisa esperar. Você não precisa ir para a cruz. Você não precisa pagar todo o preço. Você não precisa sentir a dor. Eu vou dar a você, faça do meu jeito’.

Vimos, então, que Satanás é um assassino e é um mentiroso. Vou lhes contar outra coisa sobre ele. Em terceiro lugar, ele é um pecador. Satanás é um pecador. Vejamos 1 João 3:8, e este é um versículo importante: “Quem comete pecado é do diabo, porque o diabo peca desde o princípio“. Ele é um pecador habitual e contínuo. Sabe, quando vimos na semana passada sua santidade e sua beleza, e vemos esta semana sua pecaminosidade, você pode ver como a queda foi grave. Como Jesus disse, Ele “o viu como um relâmpago caindo do céu“.

A corrupção que aconteceu foi impressionante. “Quem comete pecado”, no grego o termo usado é poieo, que tem o sentido de continuidade, ou seja habitualmente cometendo pecado, “é do diabo”, no grego é usado ek, que se refere à fonte a partir da qual vem o pecado, porque Satanás é a base do pecado.

E quando Cristo veio ao mundo, Ele veio ao mundo não apenas para destruir o pecado, mas para destruir Satanás. Olhe para o final do versículo 8: “Para este propósito o Filho de Deus foi manifesto, para destruir as obras do diabo.” Cristo se manifestou não só para remover o pecado, mas para destruir Satanás. Ele é um pecador. Ele tenta outros a pecar. Ele atrai os outros para o mal. Cristo veio para destruí-lo.

Em quarto lugar, ele é o opressor dos santos. Satanás é o opressor dos santos. Como eu li mais cedo em 1 Pedro 5: 8, “ele anda“, e o tempo presente do verbo literalmente significa que ele constantemente espreita “como um leão rugindo, procurando quem possa devorar.” Quando sua presa está dentro do alcance, ele ruge. Ele oprime os santos. Ele os rastreia, tenta encurralá-los e prendê-los em pecado.

Em quinto lugar, Satanás é um perversor. É incrível como Satanás tem conseguido perverter cada coisa boa que Deus já fez. Ele perverte tudo. Deus fez o fruto da vinha para nós bebermos, e Satanás o perverteu no alcoolismo. Deus criou o sexo para que pudéssemos desfrutar dele, mas Satanás o perverteu em algo sujo e adúltero. Ele está no negócio de perverter tudo o que Deus fez de bom. Satanás conseguiu perverter até algo bom como o alimento. Você não pode ficar bêbado com comida, mas pode ser um glutão. Satanás conseguiu fazer com que isso acontecesse.

Vamos por um minuto comigo a 1 Timóteo, capítulo 4, verso 3. Satanás vem com suas doutrina de demônios, e algumas delas, versículo 3, é a proibição do casamento. Mas, Paulo continua dizendo que “exigem abstinência de alimentos que Deus criou para serem recebidos, com ações de graças, pelos fiéis e por quantos conhecem plenamente a verdade“. O significado disto é que Satanás criou sistemas religiosos em que a espiritualidade é baseada na dieta. A espiritualidade é baseada no que você come.

Acredito que muitos judeus sentiam que sua espiritualidade dependia do que comiam. Quando a igreja foi estabelecida no Novo Testamento, muitos cristãos judeus sentiam que sua espiritualidade ainda estava baseada no que comiam e no que não comiam. E esse era o problema sobre o qual Paulo estava escrevendo em 1 Coríntios, capítulo 8, quando trata das carnes oferecidas aos ídolos e em Romanos, capítulos 14 e 15, onde ele tratou sobre os escândalos por causa da comida.

Satanás ama pessoas pensando que sua espiritualidade é dependente do que comem. Tenho certeza que existem algumas pessoas neste mundo que pensam que a espiritualidade é dependente de ser vegetariano. E assim, Satanás também usa esse tipo de perversão. O versículo seguinte diz: “Porque toda criatura de Deus é boa e nada será recusada se for recebida com ação de graças“.

No outro extremo, há algumas pessoas que estão comendo tudo o que veem pela frente, dando graças a Deus, é claro por tudo o que comem e são extremamente descontroladas no seu apetite. Eles estão indo para a outra direção. Em vez de abstinência ser o sinal da espiritualidade, eles estão dizendo que não há nada proibido para comer. Nesse caso, Satanás os empurra para a glutonaria.

Veja 1 Pedro, capítulo 4, versículo 3, que diz: “No passado, já despendestes tempo além do tolerável fazendo o que agrada aos pagãos. Naquela época, andáveis em libertinagem, na sensualidade, nas bebedeiras, orgias e farras, e nas idolatrias repulsivas.” As palavra orgias e farras aí se referem a banquetes e a glutonaria é inerente em ambos os termos. Deus é muito sério sobre equilíbrio, sobre ser temperante, sobre ser moderado nesta área.

Em Provérbios 23:1, temos: “Quando você se senta para comer com um governante, considere diligentemente o que está diante de você.” Veja isto: “E coloque uma faca em sua garganta se você for um homem dado ao apetite.” Essa é a melhor dieta, não é mesmo? Esse é um problema muito real em nossa sociedade, onde a maior parte do nosso trabalho nos faz estarmos sentados, em vez de gastarmos energia em um trabalho físico, mas é o que a Palavra de Deus diz.

No versículo 20: “Não estejais entre os bebedores de vinho, entre os comedores glutões de carne; porque o bêbado e o glutão virão à miséria e a sonolência vestirá um homem com trapos.” É uma sequência trágica: beber demais, comer demais, preguiça, e então, você não trabalha, não ganha o seu dinheiro, não tem como comprar qualquer coisa e acaba se vestindo de trapos. A gula é uma coisa séria.

Agora, isso serve para mostrar como Deus nos deu algo maravilhoso, como o alimento para alimentar nossos corpos, e nós pervertemos isso para ser um sinal de espiritualidade sobre o que comer ou não comer, e outras pessoas têm pervertido a liberdade que Deus lhes deu com a comida para se tornarem glutões, e em vez de comerem para viver, eles vivem para comer. Satanás tem torcido e pervertido tudo o que existe, tudo. Não há nada fora do limite de sua perversão no reino humano. Ele é um perversor.

Por fim, ele é um imitador. Ele nunca teve um pensamento original em sua mente, exceto o pecado. Depois disso, ele se tornou um imitador. Ele imita. E você sabe a quem ele imita? A Deus. Veja 2 Coríntios 11:13: “Porquanto, tais homens são falsos apóstolos, obreiros desonestos, fingindo-se apóstolos de Cristo. E essa atitude não é de admirar, pois o próprio Satanás se disfarça de anjo de luz.” Ele é um imitador.

E eu lhes disse mais cedo que se você pensa que o homem mais útil nas mãos de Satanás é um vagabundo, bêbado, um criminoso, um pervertido sexual, você entendeu errado. Eu imagino que ele até fica aborrecido com esse tipo de pensamento. Essas pessoas não são uma boa propaganda para ele. A obra-prima de Satanás é um bom, reto, honesto, respeitado homem religioso que ensina falsa doutrina sob o disfarce de uma religião verdadeira.

Ele é um imitador. Ele aparece como um anjo de luz. Ele sempre aparece como um anjo de luz. Ele é um enganador. É um pregador que se mascara para ser um mensageiro de Deus. Você sabe o que é tão diabólico a respeito do anticristo que está por vir? Não é que ele seja muito diferente de Cristo, mas que ele é muito parecido com Ele.

O diabo existe? Sim. Quem é ele? Lúcifer caído. Como ele é? Todas essas coisas que temos visto hoje à noite. Na próxima semana, vamos ver como ele opera em seus próprios filhos e nos filhos de Deus. Vamos orar.

Nosso Pai, sabemos que há apenas uma maneira de vencer o adversário, e isso é muito claro nas Escrituras. Pensamos nessas palavras preciosas de Apocalipse 12:11, que diz: “E eles o venceram pelo sangue do Cordeiro.” Pai, sabemos que na cruz o precioso Cordeiro de Deus, sem defeito e sem mancha, derrotou Satanás e o fez impotente. O Senhor plantou dentro de nós, os que cremos, o Espírito Santo e nos tornou poderosos, e nisso está a vitória. Nós Te agradecemos, Pai, que para aqueles de nós que conhecemos o Senhor Jesus Cristo, Satanás é um inimigo absolutamente derrotado. Mas, ao mesmo tempo, nosso Senhor, reconhecemos que para aqueles que rejeitaram o Senhor Jesus Cristo e nunca o receberam como Salvador, Satanás é o espírito que trabalha dentro deles, ditando sua vida e destino. E, Pai, oramos esta noite para que, se há alguns em nosso meio – e cremos que devem haver, em uma multidão como esta – que estão sob o engano e astúcia do assassino, mentiroso, pecador, corruptor Satanás, que Tu, pelo Teu Espírito, quebres as correntes e os libertes. Oramos para que, pela fé no Senhor Jesus Cristo, conheçam a libertação do pecado, que sejam transportados do reino das trevas para o reino de Teu amado Filho. Faça esse trabalho, Pai, esta noite, para Teu louvor e para Tua glória, em nome de Jesus. Amém.


Esta é uma série de diversos sermões sobre Satanás, os anjos e os demônios. Segue links dos que já foram publicados.


Este texto é uma síntese do sermão “Satan: Is He? Who Is He?”, de John MacArthur em 31/08/1975.

Você pode ouvi-lo integralmente (em inglês) no link abaixo:

https://www.gty.org/library/sermons-library/1355/satan-what-is-he-like

Tradução e síntese feitos pelo site Rei Eterno


 

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *