Alimentar-se de Cristo

Imprimir
Eu sou o pão vivo que desceu do céu; se alguém comer deste pão, viverá para sempre…
João 6: 51

No deserto, Israel deveria pegar para si, diariamente, uma porção do maná (Ex. 16: 16-19)…
Não poderia entesourá-lo para o dia de amanhã, pois ele se tornaria um alimento nocivo (Ex. 16: 20).
É nosso privilégio apropriarmo-nos, diariamente, da preciosidade de Cristo…
Não como uma reserva de verdades ou conhecimentos teóricos, mas como força para nossa viver prático diário.

Existe o perigo do intelecto ultrapassar a consciência e os afetos de coração…
Muitos progridem rápidos inicialmente, até um certo ponto… e então param de repente e retrocedem.
É como o israelita que apanhou mais maná do que precisava para o sustento do dia…
Parecia ser mas diligente que os outros… mas estava apenas acumulando algo inútil… sem uso no dia…

O cristão deve usar o que tem recebido diariamente de Cristo. E assim mais será dado.
Sua vida deve ser prática.. e é nisto que a maioria falha gravemente.
Seguir a Cristo não é fazer parte de um conjunto de opiniões ou um sistema de dogmas ou pontos de vista…
É uma realidade viva por excelência…prática e poderosa… resultado da união do homem com o céu.

Sintetizado de C H Mackintosh, Estudo sobre o livro de Êxodo, Editora Depósito de Literatura Cristã 

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.